Colunistas











07/Junho/2013 - 13:50:18

Mais dois municípios do MS estão incluídos no recadastramento biométrico


A identificação do eleitor por meio das digitais alcançará mais de 73 mil eleitores sul-mato-grossenses, de acordo com estimativa do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MS). A expectativa do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é que, até o ano de 2018, todos os eleitores brasileiros possam votar por meio da biometria. 
Em Mato Grosso do Sul, as cidades que utilizaram esta tecnologia nas últimas eleições são Fátima do Sul, Ribas do Rio Pardo, Vicentina, Jateí, Sidrolândia e Camapuã. Dois municípios do estado fazem parte da primeira etapa do recadastramento biométrico em 2013: MS Bandeirantes com 5.763 eleitores e Jaraguari 5.605.
Tecnologia
A biometria é uma tecnologia que confere ainda mais segurança à identificação do eleitor no momento da votação. Para isso, o eleitor terá de apresentar o título eleitoral e documento oficial com foto e, em seguida, colocar a digital no leitor, para depois ser autorizado a votar. 
O leitor biométrico acoplado à urna eletrônica deve confirmar a identidade de cada eleitor, comparando as impressões digitais com todo o banco de dados disponível. Dessa forma, é praticamente inviável a tentativa de fraude na identificação do votante, uma vez que cada pessoa tem digitais únicas. 
Por: Evaine DallAcqua / Foto: Reprodução

Comentários


Envie o Seu!


Nome: 30 Email: 80

Comentário: 1000










www.diariodoestadoms.com.br
Acidentes | Agronegócios | Concursos | Esportes | Anunciantes | Polícia | Política Religioso | Saúde | Eventos | Hotéis | Telefones Úteis | Moda | Fale Conosco
© Copyright 2014 - Diario do Estado MS, todos o direitos reservados | Desenvolvido por WW

Bem Vindo!