• Painel de Controle
Terça-feira, 23 de Outubro de 2018
Expediente      Anuncie      Assine

Coxim - Terça

24ºMIN35ºMAX

Coxim - Quarta

23ºMIN28ºMAX

Coxim - Quinta

22ºMIN27ºMAX

Coxim - Sexta

23ºMIN29ºMAX

Dom Antonino

Dom Antonino
14/07/2017    12h09
O Semeador

Naquele dia, Jesus saiu de casa e foi sentar-Se à beira-mar. Reuniu-se à sua volta tão grande multidão que teve de subir para um barco e sentar-Se, enquanto a multidão ficava na margem. Disse muitas coisas em parábolas, nestes termos: «Saiu o semeador a semear. Quando semeava, caíram algumas sementes ao longo do caminho: vieram as aves e comeram-nas. Outras caíram em sítios pedregosos, onde não havia muita terra, e logo nasceram, porque a terra era pouco profunda; mas depois de nascer o sol, queimaram-se e secaram, por não terem raiz. Outras caíram entre espinhos, e os espinhos cresceram e afogaram-nas. Outras caíram em boa terra e deram fruto: umas, cem; outras, sessenta; outras, trinta por um. Quem tem ouvidos, oiça». Os discípulos aproximaram-se de Jesus e disseram-Lhe: «Porque lhes falas em parábolas?». Jesus respondeu: «Porque a vós é dado conhecer os mistérios do reino dos Céus, mas a eles não. Pois àquele que tem dar-se-á e terá em abundância; mas àquele que não tem, até o pouco que tem lhe será tirado. É por isso que lhes falo em parábolas, porque vêem sem ver e ouvem sem ouvir nem entender..... “....Escutai, então, o que significa a parábola do semeador...”
MENSAGEM - A Liturgia desse domingo nos convida a refletir sobre a importância da PALAVRA DE DEUS e  nos exorta a ser uma “terra boa” que acolha a Palavra e produza frutos abundantes na vida de cada dia. No Evangelho, com a Parábola da SEMENTE e do SEMEADOR, vemos que o fruto da Palavra de Deus depende da qualidade da terra. (Mt 13,1-23). 
“O Semeador saiu a semear... a semente”.... Até eles tinham as suas dúvidas... Será que a palavra de Jesus estava se tornando ineficaz, sem força? JESUS responde com a Parábola: Apesar dos obstáculos, a semente não perde a sua força. Deus lança a sua semente em todas as direções, não recusa: nem aos pecadores endurecidos; nem às pessoas superficiais; nem às pessoas imersas nas preocupações do mundo (prazeres, negócios)... O Homem pode fechar-se à Palavra de Deus, rejeitá-la, mas sempre haverá terreno onde produzirá 30, 60, 100... O acolhimento do evangelho não depende nem da Semente, nem do Semeador, mas da QUALIDADE DA TERRA. Diante da Palavra de Deus, há 4 TIPOS DE OUVINTES que existiam naquele tempo e que continuam existindo hoje: Há aqueles que têm um coração duro como a terra pisada de uma estrada: não permitem que a semente da Palavra de Deus penetre em seu coração. E Satanás se encarrega de eliminar os grãos caídos que sobraram no chão. Vem em seguida o coração inconstante, que se entusiasma com facilidade, mas depois desanima rapidamente diante das primeiras dificuldades. A Palavra de Jesus não pode criar aí raízes profundas.  Há os que têm um coração materialista. São até “muito religiosos”, mas dão prioridade à riqueza e aos bens deste mundo. Essas preocupações são como espinheiros que sufocam a semente da Palavra. Há também os que têm um coração aberto e disponível. Neles, a Palavra de Jesus é acolhida e dá muito fruto. A Parábola nos propõe TRÊS PERGUNTAS: 1. Que terreno somos nós ? Muitas vezes questionamos o PREGADOR (“Semeador”) da Palavra de Deus: “Foi comprido, foi repetitivo... foi pesado...” Qual tal questionar também a nossa atitude de OUVINTES? 2. Que semeadores somos nós? Cuidamos do nosso terreno, retiramos as pedras e espinhos que atrapalham? Procuramos aprimorar a semente que usamos, ou já tem validade vencida, porque não estudamos, não nos informamos, não nos atualizamos? 3. Vale a Pena semear? A parábola de Jesus é uma Parábola de ESPERANÇA: Jesus é o Semeador, e nós também o somos, junto com ele... Ele semeia em todos os terrenos, mesmo nos inférteis. E algumas sementes acabam germinando... O importante é semear o grão da esperança. Semear o sorriso para que resplandeça ao redor de nós. Semear nossas energias para enfrentar as batalhas da vida. Semear nossa coragem para reerguer a coragem do outro. Semear o nosso entusiasmo, a nossa fé, o nosso amor... O Evangelho nos garante, que apesar do aparente fracasso, o sucesso do “Reino” está garantido; e o resultado final será algo de surpreendente e de maravilhoso. Deus nos garante: “A palavra de Deus não voltará sem produzir o seu fruto” “Põe a semente na terra, não será em vão. Não te preocupe a colheita, plantas para o irmão...” (Canto) Pe. Antônio Geraldo Dalla Costa - 16.07.2017

Notícias Diocesanas
14 de julho – Abertura Oficial da 122ª Festa do Divino
6horas – Alvorada Festiva partindo da Residência Episcopal, com café da manhã partilhado na Catedral São José. 
18h30 – Solene hasteamento da Bandeira do Divino com a presença de autoridades religiosas, civis e militares.
19 horas – Santa Missa de abertura da 122º Festa do Divino Espírito Santo, dedicada à Justiça e Servidores Públicos: Autoridades Políticas, Desembargadores, Juízes, Promotores, Defensores, Advogados, Procuradores, Prefeitos e Vereadores. Participação do Setor Missionário Santo Expedito
14 a 16 de julho: Encontro Regional de Catequese (Campo Grande).


   
PUBLICIDADE
Dinapoli
PUBLICIDADE
Mais Coluna Social


Parabéns
Parabéns
Notas e niver
Parabéns

Notas
Notas e niver
Notas
Notas e mais

Notas e niver
Nivers
Notas e niver
Parabéns
Contato
  • (67) 3291-3668
  • Formulário
  • Denúncia
  • www.diariodoestadoms.com.br
    Você está no melhor portal de notícias da região norte.