• Painel de Controle
Domingo, 20 de Maio de 2018
Expediente      Anuncie      Assine

Coxim - Domingo

7 ºMIN23ºMAX

Coxim - Segunda

8 ºMIN24ºMAX

Coxim - Terça

11ºMIN26ºMAX

Coxim - Quarta

13ºMIN25ºMAX

Vasco passeia em Concepción e sai na frente para seguir na Libertadores
A estreia do Vasco na Conmebol Libertadores não poderia ter sido de melhor forma. Na noite de ontem, em Concepción, no Chile, os comandados de Zé Ricardo enfrentaram o Universidad Concepción pela ida da segunda fase do torneio e golearam por 4 a 0. A volta será quarta-feira da semana vem, em São Januário.

Lance              01/02/2018    14h47
foto: Divulgação

A estreia do Vasco na Conmebol Libertadores não poderia ter sido de melhor forma. Na noite de ontem, em Concepción, no Chile, os comandados de Zé Ricardo enfrentaram o Universidad Concepción pela ida da segunda fase do torneio e golearam por 4 a 0.
 A volta será quarta-feira da semana vem, em São Januário.

GOL RELÂMPAGO
Sem medo do adversário, o Vasco foi para cima desde o apito inicial do árbitro e aos dois minutos abriu o marcador. Paulinho ajeitou de primeira para Evander. O camisa 10 cruz-maltino na Conmebol Libertadores não teve dificuldades em marcar e colocar o time na frente em Concepción.

FALHA, MEIO DA RUA, GOL
O goleiro Cristián Muñoz, do Concepción, falhou. Do meio de campo, Evander, em noite mais do que inspirada, mostrou oportunismo e mandou direto para as redes. Um belo gol que fez o Vasco ampliar o marcador com 15 minutos de partida. Início avassalador do Cruz-Maltino.

ASSISTENTE ERRA
Atrás do marcador, o Concepción na segunda parte do primeiro tempo passou a criar mais, se lançando ao ataque com maior frequência. E chegou aos 38. Wellington falhou, Droguett mandou para Santiago Silva, que estufou as redes. Mas o assistente, de forma errada, acabou marcando impedimento e anulando o gol.

EITA, GOLEIRO...
Nos minutos iniciais do segundo tempo, o Concepción até tentou, mas por deficiência técnica dos jogadores ofensivos da equipe chilena não converteu. E estas falhas também apareceram nos nomes da defesa. O goleiro Cristián Muñoz, pior em campo, aos 33, falhou de novo e deixou Yago Pikachu fazer com facilidade o terceiro gol a favor do Vasco.

PASSEIO CRUZ-MALTINO
Superior, o Vasco seguiu ofensivamente para ampliar o marcador. E aos 36 encontrou o quarto gol. Em contra-ataque rápido do time comandado por Zé Ricardo, Thiago Galhardo achou Rildo, que avançou e marcou. Passeio cruz-maltino em terras chilenas na Libertadores. 


   
PUBLICIDADE
FB
PUBLICIDADE
Dinapoli
Contato
  • (67) 3291-3668
  • Formulário
  • Denúncia
  • www.diariodoestadoms.com.br
    Você está no melhor portal de notícias da região norte.