• Painel de Controle
Sábado, 23 de Junho de 2018
Expediente      Anuncie      Assine

Coxim - Sábado

18ºMIN32ºMAX

Coxim - Domingo

20ºMIN32ºMAX

Coxim - Segunda

19ºMIN32ºMAX

Coxim - Terça

19ºMIN32ºMAX

Homem é preso por agredir esposa a vassouradas no bairro Mendes Mourão
J.C.L., de 41 anos, foi preso na manhã de ontem, as vésperas do Dia Internacional da Mulher, no bairro Mendes Mourão, em Coxim.

Edição MS              08/03/2018    08h42
foto: Sheila Forato

J.C.L., de 41 anos, foi preso na manhã de ontem, as vésperas do Dia Internacional da Mulher, no bairro Mendes Mourão, em Coxim.
A prisão aconteceu depois que ele agrediu a esposa, E.J.S., de 53 anos, a vassouradas por volta das 19 horas de terça-feira.
O crime aconteceu na residência do casal, também no bairro Mendes Mourão. A vítima relatou que o marido chegou em casa agressivo, pois tinha ingerido bebida alcoólica.
Os dois deram início a uma discussão e ele partiu para a agressão. De acordo com “E”, o marido se armou com uma vassoura e desferiu dois golpes. Inicialmente a Polícia Militar foi acionado e encaminhou a vítima para o Pronto Socorro do Hospital Regional Álvaro Fontoura.
Ela ficou quase a noite toda em observação, mas, quando voltou para casa, encontrou o marido dormindo na cama do casal. Com medo, ele voltou para o hospital e esperou amanhecer para ir até a residência em que trabalha, de doméstica.
Logo em seguida o marido também foi até seu trabalho e começou a discutir. Desta vez a polícia conseguiu prender “J” em flagrante. Ele foi encaminhado para a delegacia de Polícia Civil, onde permanece a disposição da Justiça.
Segundo a delegada da DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher), Sandra Regina Simão de Brito, é a terceira vez que ele é preso por agredir a esposa. A primeira prisão foi em setembro e a segunda em novembro.
Ao Edição MS, a vítima contou que depois da segunda prisão decidiu dar mais uma chance ao autor, que ficou sem beber desde novembro do ano passado. Entretanto, nesta semana “J” voltou a ingerir bebida alcoólica e voltou a ficar violento.
Ela garante que não vai reatar o relacionamento, que tem pouco mais de um ano. Porém, confessa que todas as vezes que tenta se separar do marido passa a viver a base de ameaças. “Eu até consigo aquelas medidas protetivas, mas ele não respeita a lei”, finalizou de relatar seu drama. 


   
PUBLICIDADE
FB
PUBLICIDADE
Dinapoli
Contato
  • (67) 3291-3668
  • Formulário
  • Denúncia
  • www.diariodoestadoms.com.br
    Você está no melhor portal de notícias da região norte.